terça-feira, 12 de junho de 2012

O Jogo Não Acabou: vamos apitar esta partida

A principal legislação brasileira que regula a preservação das florestas está ameaçada. A população precisa tomar o apito nas mãos e pressionar os políticos

10/06/2012

Após o pífio veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto de lei que alterou o Código Florestal Brasileiro e o encaminhamento da medida provisória que preenche as lacunas deixadas no texto, a campanha Floresta Faz a Diferença entra no segundo tempo com disposição de sobra para pressionar os parlamentares.
A medida provisória voltou ao Congresso Nacional, onde está sendo apreciada por uma Comissão Mista de senadores e deputados. Foram propostas mais de 600 emendas, muitas das quais visam fragilizar ainda mais a legislação em vigor. Além do mais, a Comissão possui uma forte participação de parlamentares da chamada base ruralista.
Batizada de “O Jogo Não Acabou: precisamos apitar esta partida”, a nova campanha do Floresta tem como objetivo alertar a sociedade civil sobre o que está em jogo nas discussões no Congresso. A população poderá monitorar as decisões dos senadores e deputados e, dessa forma, pressioná-los por um Código Florestal que garanta o bem-estar de todos. O apito está agora em nossas mãos.
A campanha é uma ação de apoio ao Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável, um conjunto de mais de 200 organizações da sociedade civil que esteve à frente da mobilização em defesa do veto total ao projeto de lei que alterou o Código. O trabalho conseguiu articular uma ampla rede de apoio que contou com o suporte de artistas, cientistas, intelectuais e da população.

Saiba mais no @florestafazadiferenca

Nenhum comentário:

Postar um comentário